tímidos versos

Valdir Barreto Ramos

Textos


POEMA PARA QUANDO ACORDAR
 
Hoje acordei com medo
Quando olhei a janela e não vi a luz.
Hoje vi a paisagem embaçada
Enquanto no vidro do quarto
escorriam gotas de orvalho.
Hoje eu pensei em te beijar
Como se fosse minha última façanha.
Levantei e escrevi com o dedo
No vidro da janela embaçada
O que não pude dizer para não te acordar.
Que ter você ao meu lado
É como ter um porto seguro
Em meio a uma tempestade,
E que após a tormenta
Com certeza vem uma calmaria.

 

Este texto está protegido por lei.
Reservados os direitos autorais.
Proibida a cópia ou a reprodução

sem prévia autorização.

www.ramos.prosaeverso.net

 
Valdir Barreto Ramos
Enviado por Valdir Barreto Ramos em 01/04/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras