tímidos versos

Valdir Barreto Ramos

Textos


ETERNAMENTE APAIXONADOS
(para Godofredo e Marinalva)
 
Um dia meu olhar olhou o seu,
E meu olhar viu no seu olhar
O amor desenhado no céu.
Dizem que só homens tolos se apaixonam,
Se isso for realmente verdade,
Descobri que sou um tolo ao conhecê-la.
A nossa juventude passou!
De mãos dadas seguimos juntos,
E o tempo não parou de passar.
Tanto tempo passou! Tanto tempo!
As águas do rio não pararam de correr,
E tantas primaveras vieram e foram!.
Vieram os verões, os outonos,
E vieram tantos invernos
E o seu corpo a completar o meu.
Tanta... Tanta coisa aconteceu!
Seu coração é minha eterna morada,
Assim como meu coração é eternamente seu.

 

Este texto está protegido por lei.
Reservados os direitos autorais.
Proibida a cópia ou a reprodução

sem prévia autorização.

www.ramos.prosaeverso.net

 
Valdir Barreto Ramos
Enviado por Valdir Barreto Ramos em 04/05/2016
Alterado em 04/05/2016
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras