tímidos versos

Valdir Barreto Ramos

Textos


SUAVE
 
Ah! Depois do calor da tarde
a sombra acolhedora de um telheiro,
enquanto o sol lentamente vai descendo
e caindo por detrás da serra.
A brisa de fim de tarde
que sopra suave
enquanto a lua vem.
Suave...
Suave é o tempo... Suave é a vida.
Suave é a brisa que embala a vida.
Suavemente o dia parte e dá lugar a noite.
Suave é o suspiro de pura inocência
De quem vive a vida com paciência
Esperando o novo dia que sempre vem.

 

Reservados os direitos autorais.
Proibida a cópia ou a reprodução

sem prévia autorização.

www.ramos.prosaeverso.net

 
Valdir Barreto Ramos
Enviado por Valdir Barreto Ramos em 28/10/2015
Alterado em 28/10/2015

Música: I have a dreams - Abba

Copyright © 2015. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras